NÓS FAZEMOS A DIFERENÇA NO MUNDO...

Nós fazemos a diferença no mundo
"Eu sou a minha cidade, e só eu posso mudá-la. Mesmo com o coração sem esperança, mesmo sem saber exatamente como dar o primeiro passo, mesmo achando que um esforço individual não serve para nada, preciso colocar mãos à obra. O caminho irá se mostrar por si mesmo, se eu vencer meus medos e aceitar um fato muito simples: cada um de nós faz uma grande diferença no mundo." (Paulo Coelho)

Na qualidade de Cidadão, afirmamos que deveríamos combater o analfabetismo político, com a mesma veemência que deveria ser combatido o analfabetismo oficioso no Brasil. Pois a politicagem ganha força por colocarmos poder de importantes decisões nas mãos de quem não se importa com o que irá decidir.
Concordo com Bertolt Brecht, quando afirma que: "O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos”. Ele não sabe o custo de vida, nem que o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato, saneamento, mobilidade urbana, e do remédio dependem das decisões políticas.
O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. “Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce à prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.”

sábado, 5 de novembro de 2011

Sérgio Cabral ignora segurança de Itaboraí e grandes jornais ignoram os fatos... Leia outras manchetes do dia 05/11/2011

Desde a madrugada de ontem (03/11) policiais do 35º BPM trocam tiros na localidade da Reta em Itaboraí por volta das 10 horas de hoje (04/11/2011) a população ficou assustada com o efetivo policial vindo de outros batalhões em socorro a quase totalidade do efetivo do 35ºBPM vieram muitos carros uns 10 totalizando uns 100 PMS... Ficou evidente o baixo efetivo local e a vinda de muitos foragidos para região... Há feridos no local de número incerto e o severo tiroteio na localidade ainda persiste. Nesse mesmo período houve tiroteio em várias localidades na Capital sendo amplamente divulgados pelos jornais impressos e telejornais... Em Niterói 2 foram queimados vivos fato somente noticiado pela rede BAND.
O Globo
Manchete: Crack já é problema de saúde pública para 64% das cidades
Consumo de drogas afeta seriamente a segurança em 58% dos municípios
O consumo desenfreado de crack e outras drogas já se tornou uma calamidade para a maioria das cidades brasileiras e vem sobrecarregando os sistemas municipais de saúde pública, como revela pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O levantamento ouviu 4.400 das 5.563 prefeituras do país. Entre as que responderam ao questionário, 63,7% disseram que a circulação de crack e outras drogas tornou-se grave problema para seus sistemas de saúde, enquanto 58,5% informaram que vivem problemas sérios de segurança por causa do crack, e 44,6%, que a rede de assistência social também sofre com essa epidemia. "A situação é muito aguda, grave", resumiu o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski. (Págs. 1 e 3)
No trânsito, epidemia de mortes
Dados do Ministério da Saúde mostram que houve 8% a mais de mortes no trânsito no Brasil em 2010 (40.610), na comparação com 2009 (37.594). "Os números revelam que o país, vive uma verdadeira epidemia de lesões e mortes no trânsito", disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. (Págs. 1 e 4)
Premier fica, mas G-20 não se entende
Parlamento grego aprova voto de confiança ao governo, e cúpula acaba sem acordo sobre crise
Numa votação apertada ontem à noite, o Parlamento grego concedeu, por 153 votos a favor e 145 contra, o voto de confiança ao governo do premier George Papandreou. Ele, que desistiu do referendo, obteve o sinal verde para fazer as reformas que garantem o empréstimo dos europeus. De outro lado, a cúpula do G-20 em Cannes, na França, terminou sem a definição de onde virá o dinheiro para reforçar o caixa do FMI, o que seria fundamental para ajudar os países em crise. No rascunho do documento, havia previsão de que o Fundo seria reforçado em US$ 1 trilhão, mas o número desapareceu na versão final do texto assinado pelos líderes das maiores economias do mundo. A presidente Dilma Rousseff criticou no G-20 a política cambial da China. (Págs. 1 e 31 a 34)
Itália chama FMI para avaliar economia
Com o país endividado e sob pressão dos líderes europeus, o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi "convidou" o Fundo Monetário Internacional (FMI) para monitorar as reformas econômicas que estão sendo feitas em seu país. A decisão foi tomada apesar de o FMI não ter emprestado dinheiro à Itália. (Págs. 1 e 33)
Guerra do tráfico fecha 5 escolas
Seis meses após o Massacre de Realengo, alunos de um colégio na Zona Oeste do Rio voltaram a viver momentos de pânico. Perseguidos por policiais, traficantes invadiram escola estadual, vizinha a uma favela, em Bangu. Um deles, com um fuzil AK-47, foi preso disfarçado de faxineiro. A ação do tráfico suspendeu as aulas em mais quatro escolas. (Págs. 1 e 18)
Questões do Enem são revalidadas
O Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, suspendeu ontem a liminar que anulara 13 questões da prova em nível nacional. Só os 639 alunos do Colégio Christus, em Fortaleza, terão esses itens invalidados. Cabe recurso. (Págs. 1 e 23)
Agnelo, do DF, exonera mais 17 delegados
Acusado de desvio de verbas para ONGs ligadas ao PCdoB quando era ministro do Esporte, o governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), exonerou ontem mais 17 delegados. Em dois dias, foram afastados 67. (Págs. 1 e 12)
Investigada nos EUA por suborno, Embraer tem prejuízo (Págs. 1 e 37)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: G20 acaba sem achar saída para a crise global
Cúpula adia decisão sobre recurso extra para ajudar países e evitar contágio
O G20 adiou para dezembro a definição do que tanto Barack Obama como Dilma Rousseff chamaram de "Firewall", medidas corta-fogo para evitar que a crise grega contagie economias do porte de Itália e Espanha.
O corta-fogo deveria vir do aumento expressivo de recursos para o FMI emprestar aos países necessitados.(Págs. 1 e Mundo A18)
Sem credibilidade, Itália vai ser monitorada pelo FMI (Págs. 1 e Mundo A18)
Premiê grego ganha voto de confiança, mas pode renunciar (Págs. 1 e Mundo A20)
A democracia e os mercados são compatíveis? (Págs. 1 e Opinião A2)
Hipócritas pedem que Aquiles trate o calcanhar no SUS (Págs. 1 e Ilustrada E17)
Cai liminar que anulava questões do último Enem
O Tribunal Regional Federal da 5ª Região suspendeu liminar da Justiça Federal no Ceará que anulava 13 questões do Enem no país.
A anulação das questões vale, agora, só para os 639 alunos do Colégio Christus, de Fortaleza, que tiveram acesso a elas. O MEC informa que anulará ainda uma 14ª questão. (Págs. 1 e Cotidiano C5)
Trabalhador rural ganha R$ 2,2 mi de indenização (Págs. 1 e Mercado B10)
Painel: Lula afirma a amigos que vai cortar a barba (Págs. 1 e Poder A4)
Sem acordo, invasores da USP mantêm a ocupação
Estudantes e direção não chegaram a um acordo para a desocupação da reitoria da USP, invadida na quarta por alunos que pedem a saída da PM do campus.
Um oficial de Justiça notificou os manifestantes, que têm prazo até hoje para deixar o local. Se isso não ocorrer, a polícia está autorizada a usar a força. (Págs. 1 e Cotidiano C1)
Boa notícia
Preço de painéis cai e energia solar fica mais competitiva (Págs. 1 Mercado B1)
Editoriais
Leia "Avanço discreto", acerca da evolução do IDH do Brasil, e Esperando o técnico", sobre a precariedade dos serviços de assistência ao consumidor. (Págs. 1 e Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Cúpula do G-20 acaba sem reforçar caixa europeu
Recapitalização é adiada; líderes abandonam discurso de austeridade e agora pregam desenvolvimento
Em meio à turbulência na Grécia e à crise na Europa, os líderes do G-20 não chegaram a acordo para recapitalizar o FMI e o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira, informa o enviado especial a Cannes, Andrei Netto. Especulava-se que o FMI pudesse contar com US$ 1 trilhão - seus recursos atuais somam menos de US$ 300 milhões. A discussão sobre a recapitalização foi adiada para dezembro. Em contrapartida, as 20 maiores potências deixaram em segundo plano o discurso sobre austeridade fiscal, enfocando em crescimento, reequilíbrio, fomento aos mercados internos e geração de emprego - como pregava o Brasil. Para os líderes, há sinais claros de desaceleração, até mesmo em países emergentes, e a flutuação do preço das matérias-primas compromete a performance econômica. (Págs. 1 e Economia B1 e B6)
FMI vai monitorar finanças da Itália
O G-20 anunciou ontem que o FMI e a União Europeia vão supervisionar as finanças da Itália. O objetivo é fazer com que o país reduza seu déficit e sua dívida pública, para tentar evitar o contágio da crise. (Págs. 1 e Economia B6)
Alunos da USP recebem ultimato
Alunos que ocupam desde terça-feira a Reitoria da USP recebem carregamento de verveja: eles foram notificados ontem por oficial de Justiça para deixarem o prédio até as 17 horas de hoje, mas prometem resistir. (Págs. 1 e Cidades C1)
Justiça restaura questões do Enem
A Justiça Federal no Recife suspendeu ontem a liminar que havia cancelado 13 questões do Enem em todo o Brasil. Segundo a decisão, as questões só ficarão sem efeito para os 639 alunos do Colégio Christus, de Fortaleza, que fizeram o teste e receberam, dez dias antes do Enem, apostilas com 13 questões semelhantes ou idênticas às que caíram no teste. De acordo com a Polícia Federal, as perguntas vazaram somente para alunos do Christus. Ninguém precisará fazer nova prova. As notas desses estudantes deverão ser recalculadas pelo Ministério da Educação. (Págs. 1 e Vida A24)
STF adota sigilo em 152 processos de autoridades
O Supremo Tribunal Federal mantém em sigilo a identidade de 152 autoridades suspeitas de cometer crimes. Apenas as iniciais dos nomes são expressas, o que torna quase impossível descobrir quem está sendo alvo de investigação. (Págs. 1 e Nacional A4)
Bibliotecas de SP perdem 86,7 mil livros por ano
Dados de 70 bibliotecas e pontos de leitura municipais mostram que 347 mil livros desapareceram em quatro anos. Há unidades em que seis de cada dez obras sumiram. Os exemplares perdidos não são repostos na mesma proporção. (Págs.1 e Cidades C4)
Blitz da lei seca flagra sequestro relâmpago (Págs. 1 e Cidades C8)
SP terá pedágio por km rodado a partir de 2012 (Págs. 1 e Cidades C4)
Gilles Lapouge
O 'duo infernal'... Sarkozy e Angela Merkel andam apressados, cabisbaixos, resmungando, afagando, distribuindo os golpes costumeiros contra um terceiro. (Págs. 1 e Economia B6)
Tutty Vasques
O Enem da ONU... Essa contagem de araque dos 7 bilhões de humanos, francamente, se fosse no Brasil, o Ministério Público já teria pedido para anular a questão. (Págs. 1 e Cidades C10)
Notas & Informações
Balanço final da reunião do G-20... Foi um cenário solene para uns poucos fatos importantes. De positivo, produziu pouco. (Págs.1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
Manchete: Três sequestros em menos de cinco horas
No Lago Norte, uma mulher de 49 anos foi surpreendida por dois adolescentes perto do Shopping Deck Norte. Eles a obrigaram a dirigir até o Paranoá, onde foi abandonada em uma área erma. Estava em estado de choque e muito machucada, segundo policiais militares que a atenderam. No Guará, a vítima também foi uma mulher. Abordada por dois bandidos entre a QI 7 e a QI 11, ela foi libertada em Ceilândia Norte.
No Riacho Fundo 2, quantro homens renderam um jovem de 26 anos, mandaram-no entrar no banco de trás de um carro e o soltaram meia hora depois na entrada de Santo Antônio do Descoberto (GO). Os crimes aconteceram entre as 16h e às 21h15. Os três sequestrados tentaram registrar ocorrência nas delegacias, mas plantonistas se recusaram a atendê-los por causa das greve da Polícia Civil do DF. (Págs. 1 e 31)
G-20 termina sem solução para a crise
Cannes - A cara fechada de Dilma, Obama e Sarkozy diz tudo: não houve acordo na reunião de cúpula que reuniu as 20 maiores economias do mundo. Enquanto, em Atenas, Papandreou ganhou um voto de confiança e promete um governo de coalizão para aprovar medidas anticrise, o G-20 encerrou seu encontro na França sem apontar saída para a turbulência financeira na Europa.
Grupo aprova versão global do Bolsa Família. (Págs. 1 e 10 a 12)
Crime da 113 Sul
Depoimento na Justiça da Delegada responsável pelo inquérito do triplo assassinado é tenso, com os advogados de Adriana Villela, uma das acusadas do crime, tentando desqualificar a investigação. (Págs. 1, 24 e 25)
A revolução dos Tablets
Pedro, Gabriela, Darcy e Bruno devoram livros no iPad. Virou mania na escola. Mais do que uma revolução tecnológica, a troca do milenar papel pelas novidades do mundo virtual representa mudanças também na maneira de ler, escrever e até de brincar. (Págs. 1, 4 e 5)
Mais provas contra bêbados
STJ analisa processo que defende outros tipos de exames e elementos para comprovar a embriaguez ao volante. (Págs. 1, 26 e 27)
Guerra do Enem longe do fim
MEC derruba na Justiça o cancelamento de 13 questões do exame. Ministério Público do Ceará vai recorrer. (Págs. 1 e 8)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Meu caro Chico
Seis anos depois que você nos visitou, esta cidade tá diferente. Os carros invadiram não só as ruas: ontem um motorista passou mal e destruiu a entrada da agência de atendimento da PBH no Centro. (Página 1)
Meu caro Chico
Mas o que não mudou aqui foram as estradas: continuam péssimas. Para piorar, as obras das BRs estão há quatro meses suspensas. E sem data para recomeçar. (Página 1)
Meu caro, Chico
O que estão falando alto pelos nossos botecos é sobre as trapalhadas do Enem. Depois de suspensas, 13 questões foram revalidadas, exceto para o colégio do Ceará onde vazaram. (Página 1)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete: Conta de telefone vai cair
Foi publicada ontem, no Diário Oficial da União, resolução da Anatel que reduz a tarifa das chamadas feitas de aparelho fixo para celular. Novos valores serão definidos em 80 dias. Queda será de aproximadamente 10% no valor das ligações. (Págs. 1 e Economia 1)
Mutirão olha pelos presos esquecidos
Esforço concentrado do TJPE achou atrás das grades 139 detentos com penas vencidas. (Págs. 1 e Cidades 1)
TRF derruba anulação de parte do Enem
Questões serão anuladas apenas das provas dos 639 alunos do Christus, do Ceará. (Págs. 1 e Cidades 2)
Sindicato denuncia 400 demissões no estaleiro (Págs. 1 e Economia 5)
Trânsito mata cinco por dia em Pernambuco
Dados do Ministério da Saúde mostram que acidentes mataram 1.920 pessoas em 2010, quase 5% do total nacional. (Págs. 1 e Cidades 6)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete: Força-tarefa vai atacar os 25 pontos mortais das estradas gaúchas
Iniciativa inédita reunirá equipes das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal e Estadual em blitze nas rodovias do Estado nos feriadões e final de ano. (Págs. 1 e 36)
Parlamento dá fôlego a premier grego
Apesar de voto de confiança, renúncia de George Papandreou parece iminente.
G-20 define FMI na Itália. (Págs. 1 e 26)
Preço do churrasco vai subir até 15%
Picanha e filé mignon serão os primeiros cortes a ficar mais caros. (Págs. 1 e 31)
Ação criminal do Detran já soma 95 mil páginas
Operação Rodin, deflagrada há quatro anos, é maior processo da Justiça Federal no RS. (Págs. 1 e 10)
------------------------------------------------------------------------------------

Um comentário:

  1. Sergio Cabral e o melhor governador que o RJ já teve!!!

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário...